Ir para o conteúdo principal

Mandato italiano relativo à faturação eletrónica

Tendo a Tungsten Network como a sua intermediária na Itália, pode estar seguro de que as suas transações com a fatura eletrónica decorrem sem problemas e não tem de se preocupar com o novo processo exigido pelo governo italiano, em que todas as faturas B2B e B2C têm de ser enviadas e recebidas por via eletrónica.

O novo processo tem por base o sistema de apuramento utilizado em alguns países da América Latina em que, para fins de impostos, todas as faturas têm de passar pela plataforma online do governo para serem registadas antes de poderem ser consideradas como emitidas.

Na Itália, todas as faturas têm de estar num formato de XML predefinido e devem conter dados específicos.

Datas-chave de implementação

1 de julho de 2018

Todas as empresas que fornecem gasolina ou gasóleo para combustível de motores e subcontratantes de fornecedores à administração pública.

1 de setembro de 2018

Todas as faturas de "compras isentas de impostos" - faturas relativas a bens fornecidos a clientes privados com residência fora da UE.

1 de janeiro de 2019

Mandato geral para B2B e B2C que requer que todas as faturas sejam eletrónicas

Quer seja um cliente existente na nossa rede ou se estiver simplesmente à procura de ajuda com a faturação eletrónica na Itália, pode contar com a Tungsten para acabar com os obstáculos e obter um processamento simples e em plena conformidade com os requisitos legais para a receção e envio das suas faturas.

A Tungsten Network não só garantirá a conformidade das suas faturas, como também facultará visibilidade sobre o estado das mesmas, além de oferecer funcionalidades de criação de relatórios, análise e arquivo das suas faturas eletrónicas na Itália, 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Pode confiar na Tungsten Network para cumprir a 100% os requisitos de faturação eletrónica na Itália.

Pode obter mais informações acerca do mandato na nossa publicação mais recente no blogue.